Brechó on-line cresce 300% em meio à estagnação do setor de luxo

Em 01 de Novembro de 2018

Compartilhe o conteúdo!

A expansão do mercado de luxo no Brasil, aliado ao avanço de negócios baseados em economia compartilhada, cria novas possibilidades de consumo e amplia o espectro de atuação do setor para diferentes classes socioeconômicas. Sabendo identificar as novas necessidades do público e mirando novos nichos, criou-se o @cansei_vendi (www.canseivendi.com.br), brechó on-line de artigos de alto padrão, protagonista em meio a esse cenário. Conectando usuários com peças paradas no guarda-roupa àqueles que desejam adquirir produtos de marcas renomadas por valores mais acessíveis – podendo economizar até 90% em comparação a itens novos –, a startup fechará 2018 com um crescimento de 300%.

Após um recuo de 8,5% nas vendas no ano passado, o setor de luxo projeta um tímido crescimento de 2,5% em 2018 – e de 10% até 2022 –, de acordo com um levantamento da Euromonitor. “As boas ideias e a resiliência são o primeiro passo para uma trajetória de sucesso em um mercado engessado a um jogo tradicional e um cenário de instabilidade. O que fizemos com o ‘cansei’, por exemplo, foi criar um novo fluxo de negócios, mais inclusivo, sustentável e seguro em relação à concorrência”, afirma Leilane Sabatini, fundadora e CEO do brechó.

O @cansei_vendi oferece peças de marcas renomadas de segunda mão por valores, em média, 45% inferiores e com garantia de autenticidade por meio de curadoria interna, realizada pela própria equipe da startup, e externa, por meio da parceria com a Real Authentication, empresa americana especializada na autenticação de artigos de luxo. A plataforma oferece aproximadamente 2,5 mil itens seminovos de mais de 130 marcas internacionais de alta-costura, com seu estado de conservação avaliado de 1 a 5 e imagens em alta resolução dos produtos para que o usuário saiba exatamente o que está consumindo.

Outro fator que contribui para o sucesso da marca é o crescimento em iguais proporções do acervo. “Somente em outubro, recebemos 200 itens novos para anunciar na plataforma. Esse aumento de volume cria uma experiência de consumo mais robusta, em que o usuário tem mais chances de encontrar aquilo que busca”, explica Sabatini. Os produtos disponíveis são majoritariamente de vestuário feminino (95%), mas também é possível encontrar masculino (5%) e artigos de home & decor.

Com ticket médio de R$ 2,3 mil, o @cansei_vendi conta com cerca de 35 mil visitas mensais e, além de consolidar sua atuação por todo o Brasil, a marca pretende chegar aos mercados argentino e colombiano até o final de 2019.

Fonte: https://ecommercenews.com.br

conteÚdos relacionados

Além das metas de eficiência energética e rotulagem veicular, estão previstas também no Rota 2030 diversas metas e compromissos

Saiba mais
O Rota 2030 pode ajudar na segurança veicular

Quando se trata de tendências, nós da Pieracciani acreditamos ser de extrema importância que todos tenham ciência do foco que as

Saiba mais
Quais são as startups que mudarão o mundo em 2019?

As fábricas de automóveis e caminhões, bem como as de seus componentes, vêm sendo continuamente otimizadas, quando não

Saiba mais
O Rota 2030 e a Engenharia do Processo Produtivo

O Ministério da Economia publicou em 12 de março a Portaria nº 86, que regulamenta os procedimentos para credenciamento de

Saiba mais
Governo publica portaria que regulamento conselho gestor e aportes financeiros do regime de autopeças