O que a inovação frugal tem a ver com a corrida sustentável?

Por Pieracciani, 02 de Dezembro de 2020

Compartilhe o conteúdo!

A inovação frugal já mostra sua importância há tempos, porém, neste ano, sua relevância se tornou ainda mais latente. Afinal, a inovação frugal busca encontrar novos mercados pautada na sustentabilidade.

Em um ano para repensar nossos padrões de consumo e buscar a relevância em um ambiente de negócios extremo, pode ser interessante olhar para além da “perfumaria” e se reconectar com o essencial.  

 

O que é inovação frugal?

Essa é uma linha de inovação que prega que, com o objetivo de tornar um produto ou serviço mais acessível ao público, pode-se abrir mão de algumas de suas funcionalidades secundárias. Consequentemente, ele se torna mais sustentável, uma vez que é feito pensando naquela parcela do público que não tem condições de trocar constantemente de materiais.

Em outras palavras, a inovação frugal tem por prioridade as necessidades dos consumidores e é a partir disso que os produtos são desenvolvidos. Eles são criados de maneira a serem mais acessíveis e apropriados para o público consumidor a quem é voltado.

Para exemplificar melhor, considere o celular Nokia 1100, criado na Índia com o objetivo de alcançar a parcela da população que não tem condições de comprar um smartphone. Esse telefone contava com lanterna, troca de mensagens de texto e ligações. Ou seja, aspectos simples comparados ao que temos acesso atualmente.

Este celular vendeu mais de 200 milhões de unidades em apenas quatro anos, tornando-se o mais vendido da história. Ao focar nas necessidades essenciais dos usuários, foi possível eliminar materiais, processos e softwares que o encareceriam. Dessa maneira, foi possível oferecer uma revolução na comunicação a uma parte da população que dificilmente teria acesso a esse tipo de tecnologia de outra forma.

Diz-se que a inovação frugal se destina à base da pirâmide consumidora. Entretanto, há indícios de que este fenômeno esteja ganhando relevância também em nações industrializadas.

Com a escassez de recursos naturais iminente, torna-se cada vez mais latente a necessidade de desenvolver produtos com menos materiais, garantindo o atendimento das necessidades essenciais dos consumidores.

 

Outros exemplos de inovação frugal

Existem diversos tipos de produtos que podem ser considerados como alinhados à inovação frugal. Dentre eles, destacamos:

  • Aquecedor de água que funciona à base de luz solar;
  • Calçadas e concretos feitos a partir do caroço do açaí, no Pará: Pesquisadores da Universidade da Amazônia (Unama) desenvolveram uma espécie de concreto permeável que leva em sua composição o caroço da fruta típica do Norte brasileiro. Ao mesmo tempo em que lida com o descarte das sobras da fruta (uma vez que somente a polpa é consumida), cria uma opção sustentável para utilização na construção civil;
  • Carro Tata Nano: lançado em 2009 como o “carro mais barato do mundo”, não possuía rádio, usando o espaço para guardar objetos.

Os exemplos de inovação frugal citados têm em comum o fato de replicarem algum tipo de produto já existente, porém de maneira mais acessível. Além disso, têm em comum a sustentabilidade, conforme veremos a seguir.

 

Sustentabilidade e Inovação frugal: Como se relacionam?

Ao mesmo tempo em que as inovações do tipo frugal permitem que uma parte da população sem poder de compra tenha acesso a objetos que aumentam sua qualidade de vida, também é possível fazê-las forma menos nociva ao meio ambiente.

Ao investigar as necessidades mais essenciais do usuário e trabalhar para remover do produto aquilo que é supérfluo ou secundário, é possível reduzir o uso de matérias-primas, bem como resíduos de produção.

Outro ponto interessante é que a base consumidora da inovação frugal se caracteriza justamente pelo menor poder de compra. Ao oferecer um produto que atenda exatamente a suas necessidades por um valor atrativo, mitiga-se o risco de perder o cliente em detrimento a outros modelos.

Conforme mencionado anteriormente, as inovações frugais são colocadas em prática levando em consideração a necessidade do consumidor e a sua capacidade financeira. Esses não são os únicos aspectos relevantes, contudo.

Nesse viés, estudos como os promovidos por Tiwari, Kalogerakis e Herstatt (2016) são claros ao indicar que as inovações frugais crescerão no futuro de modo a eliminar a complexidade tecnológica desnecessária que na maioria das vezes consome recursos naturais valiosos e finitos.

Ainda, no mesmo sentifo, Silva (2008) reafirma que tais inovações vão além dos preços acessíveis, sendo atrelado com maior força, em verdade, ao desenvolvimento de técnicas que diminuam a redução dos processos de produção e, consequentemente, dos custos dela.

Podemos usar o exemplo da “calçada de açaí” utilizado anteriormente para esclarecer o conceito. Não apenas o concreto torna-se mais acessível para a população, mas principalmente há a possibilidade de se oferecer uma nova tecnologia (concreto permeável) utilizando-se de um processo produtivo mais simples e utilizando materiais que antes não tinham destinação (caroços de açaí).

Assim, novamente está ilustrada a relação existente entre a frugalidade e a sustentabilidade da produção ante o meio ambiente. Empresas devem ficar atentas a essa tendência que não só é benéfica para o planeta, mas também permite que novos mercados sejam encontrados.

 

Quer continuar a conversa?
Entre em contato conosco pelo WhatsApp!

 

Fontes:

TIWARI, R.; HERSTATT, C. India - A Lead Market for Frugal Innovations? Extending the Lead Market Theory to Emerging Economies. Hamburg: Institute for Technology and Innovation Management, 2012. (Working paper, n. 67, n. 189/ WEP 2-22).

SILVA, I. M. Capacidades Organizacionais para a Inovação Frugal. 2018. 166 p. Tese (Doutorado em Administração) - Programa de Pós-Graduação em Administração, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018.

NASCIMENTO, Alexandre Costa. Tecnologias criativas e descomplicadas são revolucionárias… e a cara do brasileiro. Colaboração para Tilt, em Curitiba. https://www.uol.com.br/tilt/reportagens-especiais/inovacao-frugal-quando-a-tecnologia-e-criativa-e-descomplicada/#page3

Pieracciani

Pieracciani

Um Time multidisciplinar preparado para pesquisar, conceber soluções e agir de forma inovadora.

conteÚdos relacionados

Conheça os graus de inovação

Saiba mais
Os diferentes graus de inovação: Para que servem e como utilizá-los?

Conheça grandes mulheres que representam a inovação feminina na História.

Saiba mais
Inovação feminina: Conheça algumas mulheres que inspiraram nossa história

Você sabia que existem vários tipos de inovação? Sim, existem quatro tipos de inovação, conheça-as neste artigo!

Saiba mais
Principais tipos de inovação: Saiba qual a mais adequada para a sua organização

Ainda dá tempo de usar a Lei do Bem para o ano-base 2020? Confira neste post nossa visão...

Saiba mais
O fim do ano chegou. Como estão contabilizados os dispêndios e benefícios do ano-base 2020?

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Conheça nossa Política de Segurança.