Você sabe quais tipos de inovações são incentiváveis pelo Programa Rota 2030?

Por Pâmella Paiva Pedroso, 08 de Março de 2019

Compartilhe o conteúdo!

Programa “ROTA 2030” tem como objetivo impulsionar o setor automotivo para que este invista mais em projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Estruturantes. Nós da Pieracciani acreditamos que este incentivo é a atual porta de entrada para os "carros do futuro"!

Quando se trata da identificação destes projetos nas empresas, há uma linha tênue quanto a classificação destes, havendo uma dificuldade em interpretá-los.

O Programa traz como definição de “Atividades de Pesquisa” aquelas que envolvem:

·      Pesquisa básica dirigida - Compreensão de novos fenômenos, com vistas ao desenvolvimento de produtos, processos ou sistemas inovadores;

·      Pesquisa aplicada - Aquisição de novos conhecimentos, com vistas ao desenvolvimento ou aprimoramento de produtos, processos e sistemas;

·      Desenvolvimento experimental - Comprovação ou demonstração da viabilidade técnica ou funcional de novos produtos, processos, sistemas e serviços ou, ainda, um evidente aperfeiçoamento dos já existentes;

·      Projetos estruturantes – Envolve formação profissional, instalações físicas para laboratórios, centros de pesquisa aplicada, pista de testes e infraestrutura para seu funcionamento com os respectivos equipamentos, softwares para atividades de pesquisa e desenvolvimento, além de tecnologias de suporte que permitam a plena operação das atividades.

Quando se trata de “Atividades de Desenvolvimento”, seriam os trabalhos sistemáticos baseados em conhecimentos obtidos por meio de pesquisa ou experiência prática, destinados ao desenvolvimento ou à fabricação de novos produtos, processos, meios de produção, serviços, ou à melhoria daqueles já existentes. Além de englobar conceitos e práticas sobre planejamento, estratégias, processos de produção, tecnologias, inovação, desenvolvimento de novos produtos, gestão e esforço cooperativo entre a organização compradora e os fornecedores do segmento de autopeças para atingir as melhorias desejadas, e desenvolvimento de processo industrial ou manufatura que promova a integração e a interação entre os diversos níveis de sistemas ou etapas produtivas ou de organizações.

Destacando que, caso o projeto se enquadre como Pesquisa, Desenvolvimento ou Estruturante, e tiver como enfoque as atividades citadas abaixo, a iniciativa se caracteriza como Projeto Estratégico, que faz com que a empresa se beneficie de uma dedução adicional do imposto sobre a renda das pessoas jurídicas e da CSLL correspondente à aplicação da alíquota e do adicional do imposto sobre a renda das pessoas jurídicas e da alíquota da CSLL sobre até quinze por cento incidente sobre os dispêndios elegíveis, limitados a quarenta e cinco por cento dos dispêndios.

·      Manufatura avançada

·      Conectividade

·      Mobilidade

·      Logística

·      Desenvolvimento de Ferramental

·      Novas Tecnologias de Propulsão, alternativas à combustão fóssil

·      Autonomia Veicular

·      Nanotecnologia

·      Big data, sistemas analíticos e preditivos

Entretanto, mesmo com tais definições, nos últimos Workshops que a Pieracciani liderou ou teve participação, uma das principais dificuldades expostas pelas empresas foi a identificação e classificação de suas iniciativas.

A partir disso, a Pieracciani uma Consultoria especialista neste Programa, além de outros que também necessitam da expertise para alinhamento dos conceitos e enquadramento assertivo quanto aos perfis dos projetos; está à disposição para auxiliar as empresas neste desafio!

Participe do nosso Grupo de discussão no LinkedIn para acompanhar nossas atualizações sobre o assunto: http://bit.ly/Pieracciani_Rota2030in

Acompanhe mais textos sobre o assunto.

Pâmella Paiva Pedroso

Pâmella Paiva Pedroso

Consultora na Pieracciani

Cursando o 12º semestre de Engenharia de Produção no Centro Universitário da FEI e formada em curso técnico de administração de empresas, atua como consultora há 3 anos e meio na área de funding, com foco em gestão de projetos de Inovação Tecnológica. Possui experiências anteriores na área de Engenharia do Desenvolvimento do Produto e Engenharia Civil.

conteÚdos relacionados

Além das metas de eficiência energética e rotulagem veicular, estão previstas também no Rota 2030 diversas metas e compromissos

Saiba mais
O Rota 2030 pode ajudar na segurança veicular

Quando se trata de tendências, nós da Pieracciani acreditamos ser de extrema importância que todos tenham ciência do foco que as

Saiba mais
Quais são as startups que mudarão o mundo em 2019?

As fábricas de automóveis e caminhões, bem como as de seus componentes, vêm sendo continuamente otimizadas, quando não

Saiba mais
O Rota 2030 e a Engenharia do Processo Produtivo

O Ministério da Economia publicou em 12 de março a Portaria nº 86, que regulamenta os procedimentos para credenciamento de

Saiba mais
Governo publica portaria que regulamento conselho gestor e aportes financeiros do regime de autopeças