É preciso realizar o diagnóstico para saber se você deve ou não se habilitar ao ROTA 2030

Em 27 de Fevereiro de 2019

Compartilhe o conteúdo!

Programa Rota 2030 entrou em vigor em dezembro de 2018. Levando em consideração a novidade do assunto e as dúvidas do setor que temos atendido ao longo dos nossos workshops e palestras, separei informações que podem ajudar a esclarecer se a habilitação ao Programa é adequada ou não ao cenário atual da sua empresa.

O Rota 2030, novo programa de incentivos à P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) do setor automotivo, foi convertido em Lei e regulamentado parcialmente via Decreto em 2018? Sim, é verdade! Veja a publicação oficial aqui (clique)

As consultas públicas para regulamentação complementar dos capítulos de elegibilidade de dispêndios, classificação de projetos de P&D, prestações de contas ao Governo, procedimentos de cumprimento da meta de eficiência energética e de realização das auditorias tiveram prazos finalizados em 2018? Sim, é verdade!

As montadoras, sistemistas e autopeças podiam usufruir de incentivos fiscais de IRPJ e CSLL disponibilizados pela Lei já em 2018? Sim, é verdade!

Com base nos fatos citados acima, é intuitivo pensar que todas as empresas do setor que se adequam aos pré-requisitos estabelecidos pela legislação já se habilitaram ao Rota e operacionalizam o programa internamente com a naturalidade de uma atividade rotineira.  

Porém, essa não é uma decisão rotineira, e sim estratégica. Justamente por isso que exige planejamento, gestão de investimentos, estruturação de processos, capacitação de equipes internas, dentre outras ações. É exatamente essa cadeia logística e estratégica que impede e/ou retarda a decisão de se habilitar ou não ao programa. Portanto, existir convergência entre a sua empresa e os pré-requisitos legislativos do Rota não é suficiente para habilitá-lo. Dito isso, o que deve ser feito?

DIAGNOSTICAR, RÁPIDO E COM PRECISÃO A HABILITAÇÃO OU NÃO AO ROTA 2030

Essa é a urgente e complexa tarefa que os executivos c-level das empresas estão demandando de seus subordinados. Entendemos a urgência do assunto, pois há cada mês finalizado, pacotes de dinheiro são jogados pelo ralo. Fizemos um diagnóstico em uma grande autopeça e a conclusão foi: R$ 290 mil em abatimento de IRPJ e CSLL são deixados para trás. (A apuração do incentivo fiscal pela empresa só é permitida a partir do mês da concessão de habilitação feita pelo Governo).

Entretanto, para ter precisão, agilidade e tomar a decisão correta é necessário responder à uma série de perguntas que não são simples:

·       A minha empresa possui centro de custo exclusivo de P&D?

·       A empresa tem previsão de lucro fiscal nos próximos 5 anos? Já foram avaliados os cenários e riscos de multas compensatórias do Rota 2030?

·       A empresa está estruturada para gerir as obrigações e incentivos do Rota 2030 internamente?

·       A empresa está preparada para ser auditada por auditorias independentes?

Deixamos disponível no nosso site www.prograrota2030.com.br um e-book com maiores detalhes sobre o programa.

Além disso, há 26 anos a Pieracciani ajuda empresas a responderem essas questões e utilizarem de forma ampla e segura todos os mecanismos de fomento à inovação. Colocamos nosso Time inteiramente à disposição para entender sua realidade, e em 72 horas entregar um diagnóstico completo com a resposta se sua empresa deve ou não se habilitar ao Rota 2030.

Acompanhe mais textos sobre o assunto.

conteÚdos relacionados

Além das metas de eficiência energética e rotulagem veicular, estão previstas também no Rota 2030 diversas metas e compromissos

Saiba mais
O Rota 2030 pode ajudar na segurança veicular

Quando se trata de tendências, nós da Pieracciani acreditamos ser de extrema importância que todos tenham ciência do foco que as

Saiba mais
Quais são as startups que mudarão o mundo em 2019?

As fábricas de automóveis e caminhões, bem como as de seus componentes, vêm sendo continuamente otimizadas, quando não

Saiba mais
O Rota 2030 e a Engenharia do Processo Produtivo

O Ministério da Economia publicou em 12 de março a Portaria nº 86, que regulamenta os procedimentos para credenciamento de

Saiba mais
Governo publica portaria que regulamento conselho gestor e aportes financeiros do regime de autopeças