Startup curitibana vence maior premiação de inovação no varejo

Em 04 de Setembro de 2018

Compartilhe o conteúdo!

Primeira empresa do Brasil a oferecer um sistema de recomendação de produtos através de inteligência artificial para aumentar as vendas de e-commerces, a startup curitibana SmartHint foi a grande vencedora da segunda edição do prêmio Start Me Up promovido pelo LATAM Retail Show, maior evento de varejo da América Latina. A premiação voltada ao apoio de startups ocorreu, na quinta-feira (30/8), no Expo Center Norte, em São Paulo.

O segundo lugar na competição também foi conquistado por uma empresa da capital paranaense, a O Pólen, que oferece uma nova forma de realizar doações para instituições pela internet. O concurso premiou as melhores startups com negócios voltados ao varejo e consumo do país (chamadas de retailtechs). Concorrendo com mais 10 finalistas, a dobradinha do Vale do Pinhão conquistou as primeiras colocações no último dia do LATAM Retail Show, que começou na terça-feira (28/8).

O maior evento de varejo da América Latina apresentou - no congresso e na exposição - as soluções mais inovadoras para o segmento de consumo, aproximando e gerando networking entre empresas nascentes e investidores. A banca que elegeu as duas startups curitibanas era composta por representantes de grandes grupos empresariais e investidores. As empresas da capital também expuseram suas soluções na feira do LATAM Retail Show.

Reconhecimento

Segundo Rodrigo Schiavini, CEO da SmartHint, o principal benefício da premiação é a visibilidade que ela traz, além do incentivo às startups. “Este reconhecimento do Smart Me UP é uma validação do nosso trabalho, pois durante o nosso pitch na final mostramos a eficiência da nossa solução baseada em inteligência artificial, a escalabilidade da plataforma e como a inovação está sendo usada para crescermos”, explicou Schiavini. Com apenas um ano e meio no mercado, a SmartHint já conta com 7 mil lojas virtuais no seu catálogo de clientes.

A startup oferece uma solução que utiliza inteligência artificial para entender melhor o comportamento dos consumidores nas lojas virtuais e assim oferecer campanhas de retenção e vitrines de recomendação para eles, que faz com que a experiência de compra seja cada vez mais simples e efetiva para os consumidores e lojistas. “O objetivo da SmartHint é montar um processo de compra intuitiva para o cliente, melhorar a experiência de compra e aumentar a taxa de retenção das lojas virtuais”, salientou o CEO.

Renata Chemin, uma das fundadoras da O Pólen, comemora o segundo lugar no Start Me Up. “É o reconhecimento do mercado de que nossa startup oferece um solução para o mercado e que também tem impacto social”, afirmou. Renata e o sócio Fernando Ott sempre quiseram criar uma empresa que inspirasse as pessoas a fazer uma doação com algo que elas fazem todo dia. O desejo se transformou em um negócio, há dois anos, quando a O Pólen passou a oferecer uma nova forma de realizar doações para instituições pela internet, ajudando a solucionar um problema encontrado por eles no terceiro setor.

Para realizar a doação, basta que o comprador, ao finalizar o pedido no site de um dos e-commerces “polinizadores” parceiros, escolha para qual das instituições indicadas deseja contribuir. A plataforma conta atualmente com mais de 300 ONGs parceiras de todo o Brasil, entre elas o Pequeno Cotolengo, o Instituto Sensorial, o Instituto Fazendo História, o Centro de Vivência Despertar para a Vida e o Observatório Social do Brasil; e 20 e-commerces, como Herbarium, Quintess, E-lens, Tudo Saudável, Petitebox e Meu Móvel de Madeira.

Vale do Pinhão

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento, avalia que a premiação das duas startups curitibanas só reforça a importância da Prefeitura e do ecossistema de inovação de Curitiba se unir em torno do Vale do Pinhão.

“A inovação e os processos de mudança tecnológica têm sido a principal força motora para o desenvolvimento econômico sustentável, com aumento da produtividade, da renda, da geração de empregos e da competitividade internacional”, destacou Cris, que comanda o órgão ligado ao município e responsável pelo fomento do Vale do Pinhão.

Fonte: https://www.bemparana.com.br

conteÚdos relacionados

Ao participar nesta quinta-feira (8) da abertura do Salão do Automóvel, o presidente da República, Michel Temer[...]

Saiba mais
Temer comemora aprovação do Rota 2030 e diz que medida vai gerar avanços

O gerador de média escala GEN-350 da Watergen pode produzir uma média de 600 litros de água potável por dia

Saiba mais
Máquina de empresa israelense cria água a partir do ar

A expansão do mercado de luxo no Brasil, aliado ao avanço de negócios baseados em economia compartilhada, cria novas[...]

Saiba mais
Brechó on-line cresce 300% em meio à estagnação do setor de luxo

Akiko Naka já trabalhou no Goldman Sachs e saiu para ser desenhista de mangá. Agora, é dona de sua startup, com[...]

Saiba mais
Aos 34 anos, artista fracassada se torna CEO da própria startup