Oi seleciona startups para trabalhar em seu hub de inovação no RJ

Em 24 de Agosto de 2018

Compartilhe o conteúdo!

A Oi abriu seleção para escolher startups que estejam interessadas em trabalhar dentro do Oito, seu espaço de empreendedorismo e inovação no Rio de Janeiro. O espaço já é casa para seis startups que participam do programa de aceleração da empresa de telecomunicações.

O prédio onde fica o Oito é localizado em Ipanema, na cidade do Rio de Janeiro. A estrutura envolve auditório para 90 pessoas e oferece uma programação de eventos. A Oi afirma que as startups selecionadas teriam a oportunidade de conviver com as aceleradas e outras residentes do local para trocas de experiências.

A empresa dá preferência a startups que trabalhem com as seguintes tecnologias: blockchain, inteligência artificial, internet das coisas, 4G e 5G. Os interessados, aliás, devem fazer inscrição pelo site do espaço.

O Oito conta com seis startups do programa de aceleração da Oi, que são do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. Elas trabalham com soluções e tecnologia para setores como transporte, educação, saúde, entre outros.

As selecionadas para trabalhar no espaço, que não forem as aceleradas, terão de pagar aluguel. O custo divulgado pela Oi é de R$ 490 por posição—estão disponíveis 30 vagas.

Fonte: https://epocanegocios.globo.com

conteÚdos relacionados

Innovatio. O termo latino deu origem à palavra inovação e significa uma ideia ou objeto desenvolvido de forma a instaurar[...]

Saiba mais
A caminho da inovação no mercado da construção civil

Estamos prestes a vivenciar uma grande revolução provocada pelos avanços tecnológicos, sobretudo por aqueles relacionados[...]

Saiba mais
Discriminação Algorítmica: você está atento a isso?

Um dos precursores da comunicação em rede, o filósofo canadense Marshal McLuhan já destacava, nos anos 1960, a importância[...]

Saiba mais
Diversidade é o caminho da inovação

Startup Cyberblock tem plataformas para controle de contratos com dados criptografados e vendas com criptomoedas

Saiba mais
Varejo 4.0: Accesstage investe R$ 2 milhões em startup de blockchain